Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Blogagem Coletiva - O Filme da minha vida

Imagem
Blogagem coletiva - O Filme da minha vida Um Amor para recordar

. O Bom de ter dois blog´s, é poder nas blogagens coletivas, dar opiniões, versões, contextos e até filmes preferidos diferentes, oba ! Esse filme apesar de ser um romance entre adolescentes, tem uma mensagem pra todas as idades, a força da mudança que um verdadeiro amor pode fazer na vida do outro, a forma com que um pode alavancar o melhor do outro, e os verdadeiros valores de vida. É uma história linda, um pouco triste, aliás, um lenço e um colírio depois ajuda, no final, pra quem chora, é um conselho que dou. Mas vale á pena, tem um fundo musical fantástico e o enredo da história pra se recordar... . Sinopse resumida
.
Essa é comovente história de Landon, o rapaz mais popular da escola. Desajustado e agressivo. ele se apaixona por Jamie, uma menina que vive em outro mundo. Filha do pastor da pequena cidade, é estudiosa e compenetrada. Jamie nunca imaginou conversar com Landon, quanto mais se apaixonar perdidamente por ele. Ma…

O círculo branco...

Imagem
Despe o branco de mim A névoa de sugestão de puro Um momento onde o meu toca o seu Onde o nós acontece De pé, erguida e com os tornozelos preparados Com sensuais tiras de adereços Saio do campo que me separa Do branco do vestido ao chão... Despe com cautela o suor que me arrepia Sacia com tua água, a boca que seca O corpo que tão somente pede Carioca mal criado e desejado Rasgue o véu que nos separa Misture e Infiltre em mim .

Moreno Agridoce

Imagem
O que farei contigo, amor que não me deixas... O que farei com minhas fantasias e fetiches ? És meu amor bandido E não explico o quanto de porquês eu gosto de ser assaltada por ti... O que farei contigo belo moreno ? Se nada além da pele em ti, me encontro Se nada além do ocasional em nós, existe Reconheço a frivolidade do caso e do acaso em nós Mas que posso fazer se meu lado ovelha negra Te sugere... Te encontrou em pares e ímpares meu lado infame Me borro e me fumaço nos teus traços de imperfeito amor Como posso mencionar tal nome santo e profanar o termo puro ? És minha lascividade mórbita De uma forma enlouquecida e contraditória És meus espasmos mais infinitos e satisfatórios Doce moreno Quão salgado ! É teu tempero no meu corpo... .

Nueva de Renascimento...

Imagem
Vou tacar fogo no corpo
fazer-me de novo
frente ao pó
. Vou ser barro pro oleiro
Vou ser uva nos lagares
Vou ser mel na colméia
. Quero jogar azeite
e de mim brotar aroma
. Quero o Eu.
Aquele que esqueci de ler-me
Viva em poros fiquei
vou ser essência
numa brisa de renascimento... .

Quase ao tocar do poema...

Imagem
Poema meu de flores perfeitas
Palavras que surgem sem tocar
Minhas mãos no fluído das páginas sente...
E por sentir, sai de mim
Surgem belas pétalas
Ainda dispersas, alegrando o contexto
As letras se desenham, e se anelam
Num querer contínuo de gerar
Poemas doces de campos férteis
Conjunto da obra inerente
Caderno, papel, letras, mãos e flores...
.

Solitário Vinho

Imagem
Solitário vinho de noites aventureiras Carregada de falsos amantes De almas sedentas de um copo de vino Solitária mulher nas suas madrugadas Que desperta de uma cama que não é sua... Solitário vinho com sua namorada enluarada Sombreamentos de vultos corpóreos Unidos numa embriaguez vermelho puro

Não te desenho qualquer...

Imagem
Uma Tela...Um pincel e uma pergunta
Não tenho como prever a resposta
Cavalhete, tinta , avental, paleta, óleo de linhaça, tudo preparado...
.
Numa aula de Arte...
todas tem a mesma tela em branco
juntas, o mesmo ofício;
te desenhar...
.
A sala está cheia
Estou dentro dela...
Preciso te pintar !
.
Por que preciso ?
Elas te tomam !
vejo a brancura, virando imagem
quando olho á frente, adiantadas estão
apressam-te à lhe dar forma...
.
umas te esboçam, apagam, esboçam
outras se arriscam a querer te definir...
pincelam a tinta, sem nem sequer
enxergar o que traçam
.
Ainda, minha tela em branco
olho seu desenho por um tempo
fecho os olhos pra na memória guardar
vejo á frente, você
e tento vencer o oculto das entrelinhas
.
Não tenho pressa
já sei te pintar...
as horas passam, todas terminam seu retrato
e eu apenas, à começar.
.
Minha tela, das melhores
agarram a tinta que pincelo-te
e a possui, preenchendo
as lacunas no tecido
.
Sua imagem em minha tela, se desnuda...
te confesso.
Te desnudo e te visto
ao pintar-te
.
Tomo á frente, o t…

Preciso sorrir com os olhos...

Imagem
Algumas coisas mexem com meu interior... Batidas de bateria, guitarra, baixo, percussão, violino, tudo junto pra infiltrar música Acordei nesse sábado com o sol tímido, querendo abrir, meu dedo nervoso, preciso escrever... Que bom que existe aqui, que bom que já acordei com música em mim Não curti muito esse template não. rs.... To aqui inquieta pra mudar de novo Tem coisas que enquanto meus olhos não soltam sorriso, não dá cara... Achei um pro Essencialmente que ficasse, agora vou aquietar por lá Mas vou fazer outros testes aqui, se abrirem e não conseguirem encontrar, é porque... Arquivei o modelo no pen-drive até encontrar o que quero, deixar um pouco fora do ar Gosto da liberdade de falar o que penso, mesmo que depois, pareça um surto mesmo. E eu releia, depois de "sóbria", e pense: Sua louca, vc escreveu isso !!! apaga, apaga ! rs Não curto muito apagar as coisas, deixa lá registrado, os momentos que as ebulições surgiram... os momentos de melancolia, de nostalgia, temos tantos m…

Surtada...

Imagem
Um pouco transeunte de ruas...Meus conceitos... Não penso como cinderela e muito menos como bela adormecida Não aguardo príncipes encantados Eu os faço encantar... Não quero sempre um amor impecável Eu quero um homem com defeitos e com erros, quero um ser-humano, não um falso Deus grego criado... Mas que me pegue com jeito e seja bem cafajeste com isso... No entanto, que saiba me tocar, por dentro e por fora. E me respire, e me conheça... Não quero ficar ensinando meu caminho Quero que saiba como entrar, como interagir, como degustar... Não quero ser única sempre, não tenho essa pretenção monogâmica Mas quando estiver, quero ser plena e sentir que somos só nós dois Eu quero só sexo ás vezes E só quero sentir e dar prazer Não quero amor e paixão o tempo todo, já tenho um e tenho o outro... Nem sempre quero dizer Eu te amo Nem sempre to a fim de ser certinha Sou meio descarada, isso se chama intimidade... Que só dou pra quem eu quero No demais, sou meu eu diário... Fingido ? Nem um pouco Ainda bem que sou m…

O Desbravador de Baú...

Imagem
Fala baixinho, vem de mansinho e faz segredo de mim
Seu lugar é estreito de fora, mas tão ocupado por dentro...
Xiiiiuuuu !!! é segredo !!! presta atenção
.
Abaixo aqui, deixa eu dizer que minha metade se chama você
e minha emoção se completa em sua razão...
Vem cá ! pisa de leve no chão
.
A parte mais doce de mim
foi encontrada no perdido do baú
vc pegou a chave
entrou e desbravou o meu ser
chegou sem ao menos eu entender
o que estava fazendo comigo...
.
Me fez falar de mim
coisas que nem comigo eu conversava
Me fazia questionários intermináveis
Terapia de um amor
que encontrei na amizade mais profunda
de dois elos que não entendemos
mas sendo...
Somos.
.
Abaixa aqui
pertinho
Mas faz segredo
Xiiiiiuuuu !!!!
Amo você

Nudez Prognóstica...

Imagem
Meu prognóstico não é doentio Minhas atitudes no corpo não são discutíveis Eu realizo e nem por isso sou previsível Não sou... Apenas permaneço intuitiva Quando vejo que minha nudez pede bis Eu vou até ela e a liberto.. . Meu prognóstico não é severo É sincero e por vezes cheio de indagações Queria calar a boca alheia Apenas não franzir a testa para tal julgamento... hum..Minha nudez tem moldura de vermelha paixão Assim desenrolo meu Éden da minha criação. . Sinto o vento tocar na pele Pra poder mensurar o seu toque em meus poros Onde o toque é mais adentro, dentro, intenso E não só me tocas, mas funde epidermes dentro em mim. Meu prognóstico é revelador Fico nua Para amenizar meu intenso calor O que tenho ? Não tenho pressa para tal resposta... Caro Doutor. .

Lejos...

Imagem
Essa cama do depois Que muito medito no que vivi Tão longe o meu olhar... E tu nem sabes os motivos . Meu corpo que delicia-se Nem contigo verdadeiramente estás Essa cama do antes E tu nem sabes os motivos . É semente de acasos Os meus pensamentos longe... Em outros ventos pousaram E tu nem sabes os reais Motivos... .

Sensações...

Imagem

Á TERRE

Imagem
Meu desejo por ti baila em corpo Que dança e brinca com os ritmos meu ballet se desenha em movimentos pausados e suaves Rodo o corpo em pontas de pés A música enfiltra em mim E meu corpo acende ao pensar em ti Me segurando e me conduzindo Em uma dança que o tom claro das vestes Dança em forma de febre alta Nos pensamentos de lençóis que falam... Que só falam... E que também escutam Meu desejo por ti baila com ritmo De alguém que quer tocar Mas não sabe como matar a distância... Me conduza...Preciso de atalhos Preciso de passos pra chegar sem distrair... Á terre...no chão Levanta-me no alto, preciso sonhar... .

Olhos de amiga...

Imagem
Menina de olhos verdes
Que a vida coloriu
Menina que é amiga mia
E sua alma na minha teceu
Menina de olhos perdidos
Que se encontram nos próprios erros
Os acertos pra ser forte em meio á fraqueza...
Menina doce de voz meiga e doce
Com dores inexprimíveis
Amigas de entrelinhas Amigas de códigos Amigas de sinais Amigas de muito falar Amigas de silêncios que falam...
Tenho entrado mesmo sem querer...sutilmente...
Esse é o aroma de uma amizade
Que é além do que podemos compreender..
.

Moreno de mel...

Imagem
Moreno de minhas lembranças vis Minha cor de jambo, meu doce olhar Seus olhos sugerem cor de mel Sua maturidade me fascinou As lembranças são de força entre braços Nas paredes suspensas Nas cadeiras que falam Nos lençóis que ficaram de nós... Moreno de insanidade e loucura Não me atice mais, que tenho medo de ir... Pare e silencie-se Pois não controlo meus impulsos ao ouvir seu timbre .... .

Doce timidez...

Imagem
Sinto o aroma do nosso amor Regado de finas chuvas que alimentam como orvalho Desse néctar tirado sem pressa De um beija flor tirando o mel . Sinto a calma de um amor não bandido E tão menino e doce é sua timidez... Belo é o seu sorriso retirado por mim Sem sequer eu tentar ...Simplesmente brota E me faz provocar reflexos de assim sorrir . Sinto que ter-te perto e longe São somente esquinas que se dobram Seu silêncio em me conquistar Já disseram mais que mil palavras E anseio a cada dia me perder nos modelos que eu sempre pensei ser, de homem ideal... . Sinto as tuas sutileza de toques E por que não dizer, dos toques que se almejam ao longe Meu lado é separado pra ti O lado do ombro, abaixo dos seios Por dentro de mim... .

Asas de Prazer...

Imagem
Ao que remete força e fraqueza
Ao que impõe dependência e liberdade
A sugestão sexual que te é invadida
Sugestão é opcional á escolha...
Mas então...Por que invadida ?
Dentro da barreira que separa
A libido das sensações
Dos feromônios que alucinam
A pressa...
A loucura...
O clímax...
A pegação ...A pegada forte
O arrepio que antecede
A febre que domina o corpo
à ? Quê ? Vai ! Anda ! Não...Para
Invadida ?
Praticamente abduzida.
Levada em ondas de Prazer
Predominante e indomável
O corpo move-se como em ondas de mar
Fortes batendo contra o barco
Ventos á favor...
Ã? Quê? Vai ! Anda ! Não..Para
Tudo pro meu bel prazer...
.
Essa postagem faz parte do Tertúlia Virtual

Eita !

Imagem
Dobro os joelhos Quando você me pega... Me amassa, me quebra... Me usa demais... Perco as rédeas, quando você demora, devora, implora E sempre por mais... Eu sou navalha cortando na carne... Eu sou a boca que a língua invade Sou o desejo maldito e bendito Profano e covarde... Desfaça assim de mim que eu gosto e desgosto Me dobro, nem lhe cobroRapaz! Ordene, não peça! Muito me interessa a sua potência... Seu calibre, seu gás... Sou o encaixe o lacre violado E tantas pernas por todos os lados Eu sou o preço cobrado e bem pago Eu sou um pecado capital... Eu quero é derrapar nas curvas do seu corpo Surpreender seus movimentos...Virar o jogo... Quero beber, o que dele escorre pela pele E nunca mais esfriar minha febre... . Isabella Taviani

Fusca de mim...

Imagem
Se meu fusca falasse...
Eu diria que não ligo pra luxo,
mas que faço igual pinto no lixo,
quando me sinto á vontade...
Que me divirto com pouco
e olho com passos de meditação
os momentos que o poder e o status chegam
e não percebo seu glamour...
Se meu fusca falasse...
Eu deitaria em seu caput
e ficaria fazendo caretas pro ar me tornar criança...
Surgiria no meio dos campos
e gritaría só pra ouvir
até onde o som da minha voz
alcança no silêncio de um horizonte...
Se meu fusca falasse...
O tornaria precoce, turbinado,
enamorado e com malas dentro...
.

Chuva em pardos tons...

Imagem
Chuva cai dentro de mim..... Numa imensidão de pensamentos
Sentimentos e quaisquer
Há um efeito de pausa neles !
Há um efeito onde segundos
Não viraríam conforme relógio andando.
.
Chuva cai dentro de mim...
numa ruazinha de mim mesma
cadeiras molhadas com as águas que rolam
talvez sozinha com esse ambiente em redor.
Cai pingos pesados....granisos em altas pedras em peso
numa mente onde muito se tem a decidir e refletir
A cor cinza de uma viagem em preto e branco.
.
Chove dentro de mim
em meus jardins,e o que eu pensava que estava seco...
Ainda floresce em molhares de árvores...
.

Homenagens ao Conflitos de Confissões

Imagem
CABEÇALHOS NOTAVEIS


Gentem !!!! Muito bacana a homenagem que oEduardo P.L fez ao Conflitos de Confissões, postando no seu blogue Varal de Idéias, como Cabeçalhos Notáveis!!!!
Fui ler os comentários e fui logo lá conferir, e fiquei super feliz, com um sorrisão no rosto, agradecida pelo carinho e gentileza.
.
Obrigada Eduardo ! Amei !
Bem...Já aproveitando pra lembrar, já que estou falando do Eduardo P.L, lembro também do Tertúlia Virtual, que será no dia 15 de abril, próxima quarta-feira, e o Tema desse mês será Prazer !!!! Quem já participa, fiquem de olho nas inscrições que acontecem sempre dias antes, e quem ainda não participou dessa blogagem coletiva maravilhosa !!! Tudo tem a primeira vez, e esse é um PRAZER que eu sugiro !!! rs
.
E não acabando por aqui, pelo contrário, monte de carinhos, que to recebendo hoje, a Ellen, que tem outro blogue muito bacana, onde presenteia seus amigos com mimos super carinhosos, homenageou esse cantinho Conflitos de Confissões com um selo exclusivo de ele…

Pés de amigos...

Imagem
De frente pro outro,
de frente pra amigos,
de frente pro umbigo alheio...
De frente, com os pés bem traçados,
uniforme moldado, da trupe de alguém..
De modo que, amigos que ficam,
na roda de nós fincam.
Os terrenos de clubes pessoais
Bom de papo, boas conversas, moderadas,
alavancadas devagarzinho vem...
.
Falam de si, conhecem o olhar,
o passar, o bocejar, o paladar...de nós.
Bom de papo, risadas fora, vamos embora
pra dentro da amizade viajar...
hum, delicioso sabor esse que sinto dos amigos
.
Posição de pés
Corpos que falam
Silêncio que grita
Ombro que molha
Rostos que sorriem
O tremer dos lábios,
diantes de trejeitos de amigos
que muito sabemos...
.
Posição de pés, demostram os gostos
all star, salto alto, havaianas, sandália de chão
pó de sola de amigos
Sabemos muito bem...
Timbres, Sonoridades, Grave, Soprano, Contralto,
sabemos também...
Rodinha de passados
.
Saudades do Zé, da Maria, do Silva, do Fulano, do Beltrano,
de tantos que um dia passou...
Rodinha de lembranças, pés fincados nos nossos corações
Esses nem …

Fuego em asas...

Imagem
Fora de foco, mas dentro do coração
.
A Ilusão ...
Agarrar o máximo que puder fazer ser compacta entre os dedos
a areia de uma paixão...
.
O coração sorri em meio ao desespero clama a presença do amado
E por muito pensar, se deixa de viver
Arrependei-vos enquanto é tempo !!!
De não agarrar suas ilusões
.
Se o coração pede, a respiração pede, os cinco sentidos almejam
Simplesmente viva !
.
Politiamente correto ? vou usar a minha razão !!!
Balela !
De muitos que usam os dois termos acima
infelizes se encontram no meio da estrada
.
Sonhe, com os olhos fechados ou abertos
Jogue, aliás, faça transbordar a ilusão dentro de si
Não a insana, mas a possível
.
Pego-me em meio á melodia
de uma ilusão tão forte, que fixo os olhos e vejo
como miragem vejo
como oásis vejo
tudo dentro de mim treme...
.
sensação deliciosa é a de sentir-se ilusionada
posso levitar dentro de mim
meus olhos não me pertencem nessa condição
eles vêem além
eles levam meus pés ao caminho do meu sorriso mais tímido e mais aberto
.
Freios...
só se for pra jogar…

Beijo de amigo...

Imagem
Me amou por tanto que não soube ver
Me amou com amizade e na verdade
Não soube compreender
Teu olhar me admirava e eu apenas achava
Que eras amigo
Ouvia minhas histórias e concentrado, não sentia
Que em ti doía...
Me amou a ponto de esperar o tempo e o momento
De me sacudir e dizer seus sentimentos
Entrei em transe e não soube em minutos assimilar
Presa em seus braços de amigo
Fiquei inerte envolvida
E num beijo terno compreendi que eras tua
E não sabia...

Quietude de sol...

Imagem
Sol que invade O cheiro de campo Vento no rosto Que aquece sonhos adormecidos Sol que invade Esperança e quietude Aflora uma paz Esse sol de fim de tarde...

Ah ! firmeza de pés que bailam...

Imagem
Ah ! Como deseja estar em ponto de equilíbrio essa menina perdida
Queria a ordem nas curvas erradas que sua vida contornou
Queria que suas pontas de pés firmes, fosse a miragem e o oásis de diferenças
O erro de se escolher mal e se colher uma colheita ruim
Sementes lançadas fora de tempo, fora de data, precipitadas
O solo fértil, o sol á favor, mas lançou antes ... .
Ah ! Como deseja esse equilibrio , e firmeza de corpo
A estrutura reta, firme e inabalável
Abre o dia com choro, preso, que é o pior deles
Aquele engolir seco e arranhado na garganta... .
Ah ! Como deseja fazer de seus passos, o descompasso do que já foi
E com um som clássico de Mozart, brilhar novamente
Será isso possível ? Recomeçar o plantio ?
Ela teme, estremece pensar que não dará mais tempo
De saltar os pés da vida, numa sapatilha de bailarina .

Tentando brincar...

Imagem
Tentando brincar de esconde-esconde
Não adiantou...
A sapeca menina mulher desperta
E freiar é algo que não consegue mais
Tentando brincar de amarelinha
Pula e pisa com um pé só
E cai sem conseguir mantér equilíbrio
Sapeca que só
Coloca o dedo na boca e faz pose
Provoca e acende os fósforos
No incendiário produto inflamável
Que é o homem
Tentando brincar de faz de conta
Se esqueceu que existem personagens
E que não se pode viver um
Só se pode ler e contar
Pra não ser surpreendida pelas garras
De viver duas pessoas numa só
De dia ...A recatada
De noite...A tal Sapeca

Nos olhos que fecho...Te vejo...

Imagem
Quando meus olhos se fecham querido... Eu sonho colorido Eu sonho passos encantados E te dou vida em mim . OTempo é intenso quando não é medido O intenso é maior que a balança A medida é sacudida E vem além do que se imagina ser... . Quando meus olhos se fecham querido Eu sonho colorido Deliciosos são os planos que meus sonhos dão... Faz figura com a imaginação Dão forma ao que ainda não vejo E sombras no contorno dos seus beijos Nos meus lábios e no que resta do corpo... . Boa noite meu querido Preciso ter mais alucinações em lucidez plena Será isso possível ? Com paixão e um abrir de coração Os sonhos são com certeza bem mais coloridos... .

Apenas um olhar...

Imagem
Amor é uma entrega súbita - Tu trocas apenas um olhar E nada do que tinhas é ainda teu
. Cáh Morandi

Poesia que brota...

Imagem
Quando o sol aparecer Vamos unir nossas mãos Fugir de nossas obrigações Ao som de buzinas Entre prédios e avenidas Iremos passar correndo E com todos brincando Até encontrarmos a grama Onde nos jogaremos E ficaremos sorrindo Até que a poesia brote Dos meus olhos e dos teus . Cáh Morandi

Medida de dor de amor...

Imagem
O Amor é uma coisa que machuca Machuca tanto, tanto, tanto a gente Que o uso como minha medida Para sentir quando ainda estou viva Se não tem nada doendo Ferindo ou me torturando a mente Me preocupo, pela falta de amor, E por descobrir que ando morrendo.. . Cáh Morandi

Entre lábios e dedos...sentir...

Imagem
Não diga nada,Absolutamente nada! Hoje tudo que quero É te amar em silêncio. . Cáh Morandi

Por que amo e não amo ?

Imagem
As sem-razões do amor . Eu te amo porque te amo, Não precisas ser amante, e nem sempre sabes sê-lo. Eu te amo porque te amo. Amor é estado de graça e com amor não se paga. . Amor é dado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse. Amor foge a dicionário se a regulamentos vários. . Eu te amo porque não amo bastante ou demais a mim. Porque amor não se troca, não se conjuga nem se ama. Porque amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo. . Amor é primo da morte, e da morte vencedor, por mais que o matem (e matam) a cada instante de amor. . Carlos Drummond de Andrade

Os Segredos...

Imagem
Os segredos das cadeiras que balançam... São acentos que um dia tomamos Aparentamos sempre o reflexo do que já erramos ? . Segredos de cadeiras Olhamos e vemos a força do vento movimentar Nem acreditamos que um dia nosso corpo as impulsionou... . Cadeiras de Segredos Inexplicáveis em momentos... .

Lábios lidos...

Imagem
Meus lábios são tão seus... Que tem escritas Meus lábios desenham o contorno Dos nossos beijos Meus lábios sugerem seu calor Escreve amore... Aqui nessas páginas Apaga, escreve, fique á vontade Mas preencha o meu batom Com as lacunas do seu amor... .