Eita !


Dobro os joelhos
Quando você me pega...
Me amassa, me quebra...
Me usa demais...
Perco as rédeas, quando você demora, devora, implora
E sempre por mais...
Eu sou navalha cortando na carne...
Eu sou a boca que a língua invade
Sou o desejo maldito e bendito
Profano e covarde...
Desfaça assim de mim que eu gosto e desgosto
Me dobro, nem lhe cobroRapaz!
Ordene, não peça!
Muito me interessa a sua potência...
Seu calibre, seu gás...
Sou o encaixe o lacre violado
E tantas pernas por todos os lados
Eu sou o preço cobrado e bem pago
Eu sou um pecado capital...
Eu quero é derrapar nas curvas do seu corpo
Surpreender seus movimentos...Virar o jogo...
Quero beber, o que dele escorre pela pele
E nunca mais esfriar minha febre...
.
Isabella Taviani

Comentários

Ricardo Blauth disse…
ALO EITA

U F A ......!!!!!!!
meuladocontido disse…
Nossa essa letra é tudo,
adoro essa música desde a primeira vez que a ouvi.
E quanta sensualidade hein?!?
Beijos
Mai disse…
Gostei disto, Christi.
humano e visceral. Forte!
Quase animal mas as palavras são bonitas e ficou requintado, a descrição do ato selvagem.

Carinho,

mai
Alam Oliveira disse…
Muito bom!

Tenho que ler mais os textos antigos do seu blog, parece-me que você tem um excelente gosto!

http://revolucao29.blogspot.com/
http://stranhumundo.blogspot.com/
Fer Siqueira* disse…
olá, sou nova por aqui, he. e de passagem adorei seu cantinho. =)e quanto a música, sem comentários, mt boa e sexy...kkk
Mais selinhos lá pra vc amiga.

beijooo.
fred disse…
Belo poema, Christi.
Beijos
Paulo Tamburro disse…
"Quero beber, o que dele escorre pela pele
E nunca mais esfriar minha febre...".

Definitivo!!!
Nanda disse…
Simplesmente perfeita esta musica...
amo!

bjs
A Lobba! disse…
EU AMOOOOOOOO ISABELA TAVIANNI...
DESDE OS TEMPOS EM QUE ELA CANTAVA APENAS NO CORAL...
ESSA MÚSICA É TUDO!
LOBBA!

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Trilhos e pés descalços..

Pétalas de vida..