Asas de Prazer...


Ao que remete força e fraqueza
Ao que impõe dependência e liberdade
A sugestão sexual que te é invadida
Sugestão é opcional á escolha...
Mas então...Por que invadida ?
Dentro da barreira que separa
A libido das sensações
Dos feromônios que alucinam
A pressa...
A loucura...
O clímax...
A pegação ...A pegada forte
O arrepio que antecede
A febre que domina o corpo
à ? Quê ? Vai ! Anda ! Não...Para
Invadida ?
Praticamente abduzida.
Levada em ondas de Prazer
Predominante e indomável
O corpo move-se como em ondas de mar
Fortes batendo contra o barco
Ventos á favor...
Ã? Quê? Vai ! Anda ! Não..Para
Tudo pro meu bel prazer...
.
Essa postagem faz parte do Tertúlia Virtual

Comentários

Olavo disse…
Uau belos prazeres postou aqui..
otimosss..rs
A pressa a loucura o climax..
Beijos
marie disse…
Muito explicito seu prazer!...
Com o passar dos anos, a vida ensina-nos que o prazer não é só sexo, mas também!...
Beijinho
Marie
Oi Christi,

É sempre um prazer ler os seus posts sensuais. Especialmente hoje sobre o tema da Tertúlia. Gostei!

Eu também acho o prazer nas pequenas coisas...

Abraços,
Fatima
Chica disse…
Teu prazer foi bem definido e ficou lindo!Bela participação! um beijo,chica
Perfeito!

Bom dia.

beijooo.
Vanessa disse…
Olá, tb estou na Tertúlia deste mês e vim conferir seu post.

Abraço
lindo este poema... parabéns por este post sensual!!!

bjocas
Spark disse…
Excelentes palavras Chris!! ;)

(Obrigado pela visita)

Bj
roserouge disse…
Fantástica participação! Ah, pois, o sexo, o prazer supremo...rsrs
Nanda disse…
Foto bastante erótica!

E o texto acompanha! Gostei!

Bjão.
Maria Augusta disse…
É o tipo de prazer que permite a preservação da espécie. Não é o único, mas o mais intenso pelo menos no plano físico.
Muito bom teu poema!
Abraços.
Paulo Tamburro disse…
Lendo seu texto, passou um filme na minha cabeça.

E era colorido!!!
expressodalinha disse…
Estas Tertúlias vão revelando belos poetas e poetizas. Um dia. quem sabe, faremos uma colectânea. Este estará lá, de certeza!
luzdeluma disse…
Gostei da analogia com o mar. Ah, também sinto prazer em olhar o mar! (rs*) Beijus
Mylla Galvão disse…
Delicioso o seu prazer...
Muito forte...
Simplemente Amei...
Também gostei daqui... acho que vim par ficar prá sempre...
Obrigada pela visita!!!
Bjokas
Ana Patrícia disse…
Muito bom...
Beijos
Serena Flor disse…
Sempre bom passar por aqui minha querida.
Amei sua participação nesta tertúlia...parabéns!
Andrea Vaz disse…
Este texto realmente dá asas ao prazer. Parabéns!

Tenha um lindo dia!
C. disse…
lindo seu blog, só podia ter esse nome.
Iêda disse…
Uau!!! Voei com seu texto!!
Parabéns!!
beijão
ellen disse…
ehehehe Christi,
que PRAZER este prazeiroso post de ler :)))
Parabéns! Gostei.

Beijinho para si
Como no sexo bem feito, em que é imprescindível a conjugação de diversos fatores, aqui ficou explícita a maravilhosa conjugação de texto e imagem. Perfeição. Como um encaixe sem sobras de duas partes que fazem parte de um mesmo todo.
Grato por tua visita.
Maria disse…
PRAZER

Que prazer é este estacionado em tua mente,
Que me deixa fincada nessa gazua,
gelada
silenciosa.

OBRIGADA, PELO PRAZER DE ESTAR AQUI.
Franz disse…
Oi, Cris. Obrigado pela visita, e deve dizer que voltar aqui é sempre um grande prazer. Me diz onde consegue essas imagens tão belas!
José Jaime disse…
Obrigado pela visita e parabéns pela bela participação.
Abraços
José Jaime
Tempestade disse…
Retribuindo a sua visita!
Gostei da sua postagem e do seu blog!
Beijos Tempestuosos!
Sueli disse…
Realmente, isso é prazer de verdade! Prazer também, foi descobrir seu blog. Um abraço!
Transitória disse…
Obrigada pela visita! Nos encontramos no próximo tertúlia!beijoca!
Eduardo P.L disse…
Como o Olavo disse: ASAS PARA IMAGINAR, GRANDES PRAZERES!

Obrigado por participar!

Dia 15 tem mais!
josé movilha disse…
Asas lindas como sempre, de evasão, de prazer ductil, de lábios nacarados, quadriz de baiadeira, transportes à brisa.

Boa continuação, minha amiga !

bjs
josé
Eduardo Santos disse…
Olá amiga. Que belos momentos e sentires esse prazer. Em bom português, nós costumamos dizer: "Quem fala assim, não é gago", estou brincando, gostei desta descrição, é mesmo de tirar o ar ao homem mais sádio.... Tudo de bom para si.
A Lobba! disse…
CHISTI...
PARECE QUE CAÍ EM OUTRO MUNDO QUANDO LI ESSE POEMA...UAU...QUANTO DE SENSUALIDADE VC ESCONDE POR ENTRE UMA PASSADA E OUTRA?
E O SEU PERFUME...TEM CANELA TB?
VC É UMA BELEZA RARA!
LINDO POEMA...
UM PRAZER RARO É DESFRUTAR DO SEU BLOG!
LOBBA DE FRANCE!
Nade disse…
Olá!
Ontem foi muito corrido pra mim e, por isso, não tive como ler seu post no dia da Tertúlia... Mas aqui estou eu!
Como sempre, arrasando!!!
Amei o post!
Bjs
Orgulho de Ser
Mírian Mondon disse…
Oi Christi, mais uma vez parabens pelo belo poema da blogagem coletiva. Estava lendo seus comentarios e percebi que o meu comentario nao esta entre eles. Nao sei se nao clquei enter o que foi que aconteceu :( mas escrevi no dia 15. Hoje voltei aqui para agradecer sua visita no Tempo com Deus, e felizmente que voltei pois pude reescrever!

Abraços e parabens por seu blog!
nilda disse…
Amei o poema.
Prazer pra ser PRAZER tem que ser verdadeiro e poético.
Beijoca.
Nilda.
http://meucantin5.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Pétalas de vida..

Balões de luz..