Tentando brincar...


Tentando brincar de esconde-esconde
Não adiantou...
A sapeca menina mulher desperta
E freiar é algo que não consegue mais
Tentando brincar de amarelinha
Pula e pisa com um pé só
E cai sem conseguir mantér equilíbrio
Sapeca que só
Coloca o dedo na boca e faz pose
Provoca e acende os fósforos
No incendiário produto inflamável
Que é o homem
Tentando brincar de faz de conta
Se esqueceu que existem personagens
E que não se pode viver um
Só se pode ler e contar
Pra não ser surpreendida pelas garras
De viver duas pessoas numa só
De dia ...A recatada
De noite...A tal Sapeca

Comentários

Bom dia.

Que a paz seja seu objetivo, que o amor seja o seu caminho,
que a sabedoria guie seus passos.

beijooo.
Adrian LaRoque disse…
Não me consegui esconder...gostei!
Mas gostaria de encontrar vc...não se esconda!

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Trilhos e pés descalços..

Pétalas de vida..