Asas negras..


Eis as asas que lideram a escassez de uma alma juvenil..
Ele sonhou com os vôos rasantes de uma aventura emocionante
Assim pensava..Os amigos embarcavam como gigantes no ar
Flechas de fogo que rasgavam o céu com seus componentes químicos
Eram como gasolina para carro..
Como um avião deslizando por entre nuvens..
Achamos a chave de toda euforia e sensação de prazer
Que o mundo não pode nos dar.. Então vamos mergulhar..
voar..mergulhar..mergulhar..mergulhar..mergu....mer......me......m......
.
Onde estou ? Onde foram parar meus amigos voadores ?
Boca seca..Suor exagerado..Que pupilas loucas..
Vou voar de novo...subindo subindo.....subindo......
Hei !!! Quem me puxou pro chão ?
Caí feio dessa vez...Viagem ruim essa....
Tentar de novo....subindo....sub........tum..tum..tum...
Coisa louca, coração louco, bate sem parar...que coisa é essa...
Que cor de asas que me vieram agora ??
Eu voava arco-íris...
Negras asas me batem o peito e tiram meu ar..
O mesmo coração e ar que tanto dei aventuras que poucos tiveram...
Ah ! Não façam isso comigo..não queiram parar agora assim com meus rasantes...
.
Preciso de chances..Da onde ouvi isso ? To alucinando pelo jeito..
Não ! Elas não saem de mim...asas ruins..asas de pó misturado..
Jogo de humanos..Me invadem como surras nessa hora..
O chão..o Sub-mundo do chão me prende em grilhões..
Chances...De novo isso ? Vamos parar com a brincadeira aí ó !!
Não tem graça, não ta vendo que a viagem foi ruim pô !
Coração acelerado..bate como louco e me agonia..
To tendo medo...que palavra é essa que me sonda...
Sair do chão..Me dá uma mão..Ainda tenho chances..
Sou jovem e não queria que o meu pouso fosse assim..
Asas negras de minhas escolhas..voem pra longe de mim..

Comentários

magna disse…
"Vou voar de novo...subindo subindo.....subindo......
Hei !!! Quem me puxou pro chão ?
Caí feio dessa vez...Viagem ruim essa....
Tentar de novo....subindo....sub........tum..tum..tum..."
Não me importo em cair desde que eu me levante de novo!!!
eu vou voar e sabe do melhor?ninguém me segura!!!!
HSLO disse…
Belo texto...e perfeita imagem.


abraços

Hugo
Paulo Tamburro disse…
Um cara chamado Freud, no início do século passado criou uma ciência que ele chamou de psicanálise.

Muito combatido, muito amado, muito discutido e por alguns, até odiado.

No entanto, ainda atualmente o grande criador de tudo que veio depois dele, na ciência que. estuda o psiquismo humano.

Mas o que Freud tem a ver com seus conflitos de confissões?

Uma janela de observação talvez, quem sabe um Norte de orientação, ou simplesmente, mais um contéudo de análise?

Ele dizia que os conflitos humanos eram motivados por duas tendências ou vetores internos de forças idênticas e de sentidos contrários.

No popular: batendo de frente!

Invariavelmente, uma destas forças emergia daquilo que conceituava:

"O Princípio do Prazer", o qual, seria a somatória de todas as nossas tendências instintivas, como sexo, sobrevivênvia e as suas demais variáveis.

A outra força,advinha do:

"Princípio de Realidade", a qual era formatada pelos nossos valores éticos , morais , religiosos, educacionais...

Estes conflitos, segundo a psicanálise é uma atuante sistemática e contumaz no nosso psiquismo.

É normal e saudável que existam.

É o combustível das nossas vidas.

Em geral, os seres humanos conseguem superar seus conflitos, confessos ou não, pois , sempre optam por esta ou aquela atitude , seja ,deixando-se levar pelo Princípio do Prazer ou subordinando-se ao Princípio da Realidade.

Somente ,em alguns casos de doenças psíquicas, como as neuroses e as psicoses, é que esta capacidade de decisão/opção torna-se impossível, mas aqui já estamos falando em psicopatologias constatadas.

Porém, no ambito da normamidade,em nenhuma das duas opções tomadas, haveria prejuizo para o comportamento psíquico do indivíduo, desde que fossem, conscientemente avaliados e mantivessem a integridade da conduta humana e ilesa.

Não é porque alguém opta pelo prazer, que tal decisão seria errada.

Este aliás é um conceito, cuja origem encontra-se no sentimento de culpa e, muito arraigado, na nossa civilização judaico-cristã.

É portanto, uma visão meramente cultural!

Portanto, seus conflitos serão sabiamente resolvidos, até porque, já dizia o poeta,o que para a lagarta é o fim do mundo para Deus é o nascimento da borboleta.

Voe CHRISTI !

Um abração carioca, minha amiga.
Desirée disse…
Quero voar, pra bem longe eesquecer de tudo!
Que pena que naum posso.
=**
Christi... disse…
Na verdade aqui tem conflitos de almas..mesmo não sendo a minha, me apaixono pelos conflitos, pelas confissões de muitos, de muitas dores, de lacunas nas pessoas..
Eu escrevo os textos em primeira pessoa, e ás vezes só pra tentar me sentir mais perto daquela situação..
Seja ela de dor ou prazer, seja ela de solidão ou de euforia.
eu gosto de tudo que envolve essa "confusão" de sensações humanas..

Beijos gente..

Postagens mais visitadas deste blog

Chegada de longe..

Trilhos e pés descalços..

Pétalas de vida..