Quintana e ventos..

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento..
.

Comentários

Quase Trinta disse…
Mario Quintana sempre genial, dispens comentários.
Bela escolha, esse poema eu não conhecia
Ana Lúcia Porto disse…
Adorei!! Penso que não levou por serem marcas bem pessoais...
Gosto sempre de sua visita.
Beijos,
Ana Lúcia.
Alvaro Oliveira disse…
Olá Christi

Gostei deste post.
Mário Quintana está certo!

Um neijo, amiga

Alvato
Andresa disse…
Mario Quintana com suas reflexões magnificas. Linda postagem.

Andresa Araujo
KINHA disse…
Olá!
Gostei de seu blog com belas imagens e postagens inteligentes.Se quiseres me seguir, ficarei muito feliz e te seguirei também.Espero sua visita.
http://amigadamoda.blogspot.com
quintana é simplemente foda ...
(perguntinha : onde fez esse efeito d foto? achei o maximo!)
Mário Quintana sempre um espetáculo pra se admirar...
mandou bem
beijos
Mahria disse…
Simplesmente adorável Quintana. Amei!


Bjinhos!

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Pétalas de vida..

Trilhos e pés descalços..