Olhar pra trás...


Ela olhou pra trás..virou estátua de sal..
o que fazer ? ela rasgou seus princípios
colocou á prova seus obstáculos..
Há um fim na estrada dela..á espera..ela tenta não ir..
Ela olha pra trás pra se lembrar que não pode retroceder
Mas os seus passos por muitos já foram..
não em pernas..mas em coração..não será o mesmo ?
Ela é corda fraca..como puxar algo valioso assim ?
É um brinquedo quebrado..um tempo de uso e puff..
Foi-se a sua utilidade.. agora coexiste nela uma fragilidade..
Sua carne é tocada nos alicerces e sua estrutura abalou
Olhará pra trás e talvez pouco lhe sobre..
Talvez seja esquecida e somente fique registros nos papiros..
Tinha tudo pra tocar eternidades altas..
mas talvez a sua queda seja previsível..
Corre pra frente, como se tentasse atingir um alvo
Mas correr pra frente, com olhares pra trás do que lhe sugere
lhe dá pedras no caminho e quando as atingir, não as terás olhado
E cairá como galhos secos no chão que a quer sugar..
Pobre serva caída..Quem lhe salvará ?
É apenas uma estátua de sal que desmoraná quando a luz vier..
Odeio finais previsíveis..Por que será que foi chamada ?
Brinquedo com defeito de fabricação..
Siga e olhe pra trás.. Ela grita..
.

Comentários

D.Ramírez disse…
As vezes devemos olhar para tras..rs
Adori o texto e a ilustra escolhida;)

Besos
Raiane disse…
Não queria ter lido isso..
HSLO disse…
Hum...muito bom viu. Ótimo texto.
Abraços


Hugo de Oliveira
Alvaro Oliveira disse…
Olá querida Christi

Minha querida amiga, deixo aqui
a marca da minha presença. Não
vou pronunciar-me sobre o post, porque nãi consegui ler, porque a letra é nuito pequena.
Me desculpe por favor esta observação, mas não posso ser hipócrita, dizendo que é bonito
só para agradar. Espero me desculpe

Um beijo

Alvaro
Ana Lúcia Porto disse…
Eis a questão, olhar ou não olhar para trás... Até que ponto?!
Beijos,
Ana Lúcia.
Olhar para trás é lembrar do passsado e lembrar do passado é sofrer duas vezes...
lindo como sempre!

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Trilhos e pés descalços..

Balões de luz..