Calmo Amor...


Ah, aquele calmo amor que sinto por ti
quando meus olhos encontram o sono
e nos teus braços traço meus lençóis...
.
Ah que doce és aquele encaixe enamorado
Dos mais simples e afetuosos
Deslizar de mãos que se encontram
E se mesclam em quatro
Tornam-se enlaces de um só corpo
.
Ah, que delícia aquele som de águas
No ouvido inesperado,
de um brotar de sussurros
Que diz baixinho....Te amo
Tão leve, planado ...
Que quase o som não sai da boca
.
É som de alma, e esse som tem um só tom
Uma só nota,
Nem grave, nem soprano, nem contralto
Tem o som de muitas cores,
De tantas melodias...
Que vira silêncio
O som de Calmo Amor...

Comentários

Passei para deixar um abraço.

beijooo.
Crisenta disse…
lindo texto =)
grande beijo

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Trilhos e pés descalços..

Pétalas de vida..