Púrpuro Vino...

Peguei a garrafa
de vinho tinto seco
coloquei um jazz
me despi
dancei nua
com a garrafa na mão
.
deslizando com ela em meu corpo
provocando o inevitável
incendiava o momento
com toda a rigidez dos meus desejos....
.
Nua e com o Vinho
uma dupla sagaz
derramava seu cheiro
inconfundível
pelo corpo
fazendo dele, fragância na pele
a sua textura me vestia
e de vestes púrpuras me fiz
.
A música tomou conta dos meus poros
e me dei conta que estavas á minha espera....
.
Na cama em pé
seguia as nuances da meia luz
do momento da fusão
.
O Vinho meu parceiro
jorrado por fora,
intocável por dentro
Permaneci...
.
Sóbria
Alterada
Sobressaltada
Voluptuosa
Degustada
Bebida
.

Comentários

Alice Salles disse…
Delicioso poema cheio de imagens...
Tem premio la para vc.

beijooo
jessicadeverdade disse…
HUm...bom ter passado por aqui...
té mais
Sentimental ♥ disse…
acho o vinho mega voluptuoso...
beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Trilhos e pés descalços..

Pétalas de vida..