Sinta ...


Banho de brisa
.
Sente-se na cadeira
Foi reservada pra ti
Hoje !
O Dia veio brindar-te
Veio fazer-te um convite
Pra viver...Além...
Uma condição de novidade de vida
.
Sinta
Não pense, somente sinta
Essa luz que o dia te envolve e te penetra
Nos poros lança esperança
Transborda e retira as manchas
Deixadas do ontem
.
Sinta
Não questione, o que foi, era pra ser...
O Convite é irrecusável
De se amar melhor
De se aceitar
De se aprimorar
De se deixar viver
.
Essa cadeira que sentas
É de cunho intransferível
Só veio a brisa por ti
Não importa se a noite foi longa
Se nem notaste que havia diferença
Do crepúsculo ao amanhecer
Pegue com força o seu Hoje
E aprenda a sentir-se
Você !

Comentários

. fina flor . disse…
se a gente falasse menos, talvez sentisse mais, né?

beijos, querida

liiiiiindo seu blog, parabéns pelo bom gosto

MM.
katy disse…
Amei esse poema!! assim como tudo em seu blog! bjo com carinho!
Crisenta disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Crisenta disse…
as vezes simplesmente sentir é mais importante que qualquer outra coisa! lindo texto como sempre.. grande beijos
Tem selinho la pra vc amiga.

beijooo.
Olá ! Muito obrigada por me desejar um feliz dia das mulheres ! Estou um pouco atrasadinha aqui, mas espero que o seu também tenha sido muito, alias, nosso dia é todo dia, concorda ?! :D
Gostei bastante daqui, vou te acompanhar !
beijos querida ! :*
aluisio martins disse…
Grato pela cadeira e próvavel (como coisa que se prova o gosto) desse sentar-se, melhor, sentir-se.

Postagens mais visitadas deste blog

Domínio..

Trilhos e pés descalços..

Pétalas de vida..